top of page
Analista financeiro

Tire sua dúvida sobre as
nossas soluções!

  • Foto do escritoreSales

Como criar Fluxos no módulo Tracking do Entregou?












O módulo Tracking traz uma infinidade de benefícios, pois tem a função de dar visibilidade às etapas do processo logístico ao cliente final, estreitando a relação e permitindo uma maior organização entre quem envia e quem irá receber a mercadoria.


Neste artigo apresentaremos como funciona o cadastro de fluxos no módulo Tracking.

Esse é um passo fundamental, pois é a partir dele que se pode criar as etapas que serão acompanhadas por todos os elos envolvidos na cadeia logística.


O que tudo isso quer dizer?


1. O embarcador poderá gerenciar as etapas e notificações;

2. A transportadora poderá alimentar a plataforma com eventos de transporte;

3. O representante e o cliente final poderão acompanhar os status do rastreio de pedido por notificações, na plataforma Entregou.com ou no aplicativo Rastreio de Pedidos.


Vamos ao cadastro de fluxos?


Estando logado no Entregou, acesse o menu lateral Tracking, submenu Cadastros e selecione a opção Cadastro de Fluxo:























Nesse momento, você será direcionado para uma nova tela com 3 campos de pesquisa:



Código de Fluxo: campo de preenchimento numérico, o código dos fluxos é gerado automaticamente sempre que um novo fluxo é criado. Neste campo, você pode incluir o número de um fluxo específico para pesquisar.

Nome de Fluxo: neste campo, você pode incluir o nome de um fluxo específico para pesquisar.

Status: selecione um fluxo ativo, inativo ou por todos os fluxos.


Se estiver buscando por um fluxo já cadastrado pode incluir a informação em um dos campos e clicar em Pesquisar.


Se quiser verificar todos os fluxos já existentes na sua conta, não precisa preencher nenhum campo, apenas clique em pesquisar e o Entregou trará a lista completa, que pode ser editada conforme a sua preferência.



Para criar um novo fluxo, clique em Adicionar. Nesse momento, se abrirá uma modal com os seguintes campos:


Nome do Fluxo: defina um nome para identificar esse fluxo dentro do seu portal. Nesse caso, eu escolhi o nome Rastreio e-commerce.

Nome Interno: defina um nome interno para que você consiga identificar mais facilmente o fluxo e editá-lo quando necessário.

Padrão: selecione sim ou não se esse será o fluxo padrão de rastreio de pedidos.


Em seguida, faça as configurações para o disparo de alertas:

Enviar produtos: selecione sim ou não para definir o envio de produtos na notificação por e-mail;

Enviar DANFE: selecione sim ou não para definir o envio da DANFE em anexo na notificação por e-mail;

Enviar XML: selecione sim ou não para definir o envio do arquivo de XML da Nota Fiscal em anexo da notificação por e-mail;

Enviar Link da Sefaz: selecione sim ou não para definir o envio do link da Sefaz para consulta do status atual da NFe.


Com todos os dados corretamente preenchidos clique em Salvar. E nesse momento o fluxo já estará disponível, para você configurar as etapas e ativá-lo. Mas esse é um conteúdo para o próximo tutorial!


Viu como a gente pensa em cada detalhe para tornar a sua operação mais organizada e para que você tenha uma visão clara e centralizada de todas as etapas do seu processo logístico? É por isso que tantas empresas não têm dúvidas e escolhem o Sistema TMS Entregou!


Caso você tenha dúvidas sobre esse ou qualquer outro recurso, entre em contato conosco através do e-mail suporte.entregou@esales.com.br


Até a próxima!


Kommentare


bottom of page